Geral 17/10/2020 | 17:44por Tarjei Svensen

Torneio de Candidatos e match pelo Campeonato Mundial adiados

O mundo do xadrez terá que esperar até 2021 para descobrir quem desafiará Magnus Carlsen no próximo match pelo Campeonato Mundial. A FIDE anunciou que o Torneio de Candidatos está adiado até a primavera (no hemisfério Norte) de 2021. 

Fabiano Caruana, aqui com seu segundo Rustam Kasimdzhanov no Norway Chess, em Stavanger, chamou de "pesadelo" a tentativa de completar o Torneio de Candidatos | foto: Lennart Ootes/Altibox Norway Chess

A notícia foi anunciada pela FIDE durante a rodada final do Altibox Norway Chess.

O principal motivo do reagendamento do evento é, claro, a preocupação com o bem-estar dos jogadores em meio à segunda onda da pandemia. A FIDE estava pronta para providenciar viagens especiais e hospitalidade, incluindo voos fretados e um hotel de alta classe sendo convertido em um ambiente isolado. Discutimos todos os detalhes com cada um dos jogadores e gostaríamos de agradecê-los por suas opiniões honestas, que nos ajudaram a pesar todos os prós e contras.

O Torneio de Candidatos foi interrompido em 26 de março, com apenas 7 das 14 rodadas concluídas, quando novas restrições de viagem emitidas pelas autoridades russas levaram ao temor de que jogadores e dirigentes não pudessem retornar aos seus países de origem. 

Em setembro, FIDE anunciou que a 8ª rodada do evento seria realizada em Ecaterimburgo no dia 1º de novembro.

Com a pandemia global atingindo novos patamares e a quantidade de casos atingindo níveis recordes em vários países, isso se mostrou muito otimista, e ficou cada vez mais claro que o evento não poderia ocorrer como planejado. 

A FIDE tem trabalhado com locais alternativos, como a Geórgia, mas mesmo isso se mostrou impossível.

O adiamento também significa que o próximo match pelo Campeonato Mundial não irá ocorrer em março/abril, como estava originalmente planejado. Em vez disso, o evento acontecerá em novembro/dezembro de 2021, informa a FIDE.

Com o match pelo Campeonato Mundial agendado para novembro-dezembro de 2021, temos alguma margem para ajustar a reprogramação do Torneio de Candidatos. A realização do evento na primavera de 2021 aumenta significativamente a possibilidade de organizar este evento tão importante em um ambiente seguro, minimizando o estresse dos participantes. 

Maxime Vachier-Lagrave e Ian Nepomniachtchi dividem a liderança com 4,5 pontos após 7 rodadas, com Fabiano Caruana, Anish Giri, Wang Hao e Alexander Grischuk um ponto atrás.

Jogadores dos Candidatos: É compreensível

Anish Giri disse ao chess24 que era uma decisão esperada:

Parece muito compreensível. As restrições estão aumentando e é cada vez mais provável que alguns participantes não pudessem participar, devido aos problemas mencionados (autoridades nacionais, voos, etc.).

Questionado sobre a realização da segunda etapa um ano após a primeira, Giri disse:

Claro que é estranho, mas tudo hoje em dia é estranho. Então eu acho que está tudo bem.

Maxime Vachier-Lagrave disse:

Eu teria ficado feliz se pudéssemos ter retomado o torneio com segurança neste outono, mas com a situação como está, entendo o adiamento, pois meu desejo é que todos os jogadores possam chegar à segunda parte dos Candidatos nas melhores condições possíveis . E vou me certificar de estar pronto para a segunda metade.

MVL concorda que não é o ideal que a segunda metade seja um ano após ter começado o evento.

Não é o ideal, mas é difícil para todos tomarem decisões no momento. Ao contrário de outros esportes, seria uma pena se um dos jogadores não pudesse chegar ao local

Wang Hao disse que espera que a FIDE cumpra sua promessa, dizendo ao chess24:

Acho que é a decisão mais razoável perante tal situação no mundo. E na próxima primavera, é possível que recebamos algumas vacinas. As vacinas serão muito úteis.

Questionado se ele está disposto a retornar a Ecaterimburgo para jogar as sete rodadas restantes, ele disse:

Sim, mas apenas se houver vacinas. Caso contrário, será muito possível ser infectado na Rússia. E o problema dos voos não será resolvido facilmente, provavelmente nenhum voo por um longo tempo.

A FIDE revela que não conseguiu obter a liberação de um país com dois jogadores, que só poderia ser a China. As autoridades chinesas não conseguiram dar permissão para Ding Liren e Wang Hao deixarem o país em meio à pandemia. 

Wang Hao disse que eles não seriam capazes de deixar a China mesmo se quisessem:

Acho que não depende das nossas opiniões. Na verdade, quase nenhum atleta não olímpico obteve permissão para torneios no exterior após a eclosão da pandemia na Europa e na América.

O anúncio da FIDE veio após uma crise na qual Wang Hao ameaçou abandonar o evento. O jogador de 31 anos expressou sérias preocupações para jogar na Rússia e também expressou sua raiva pelas respostas do presidente da FIDE, Arkady Dvorkovich, por email.

Você simplesmente não quer mais jogar no Candidatos? Ou eu entendi mal?

Devemos interpretar como se você apenas quisesse jogar na porta ao lado do seu apartamento ou também pensar em soluções razoáveis ​​e viáveis?

Wang Hao disse ao chess24 que estava “desapontado e irritado com a atitude da FIDE e a grosseria do presidente”, mas eles continuaram as discussões.

Caruana: "Não acho que devemos comprometer a segurança das pessoas"

"Para mim agora o principal nem é o resultado, o principal é que aconteça!" disse o número 2 do mundo,  Fabiano Caruana  após a Rodada 1 do Norway Chess. Após o anúncio do adiamento dos Candidatos ser feito durante a rodada final, ele pôde dar a Fiona Steil-Antoni mais detalhes das negociações.   

Isso também foi um pouco chato, durante o torneio estarmos constantemente lidando com os Candidatos, imaginando se ele aconteceria ou não. O sentimento geral era de que ele não aconteceria mesmo antes de ficar claro que não havia nenhuma maneira de que pudesse ser retomado em 1º de novembro ou mesmo mais tarde em novembro. Primeiro ele foi empurrado para 5 de novembro, depois para 15 de novembro e então naquele ponto estava meio claro que as coisas simplesmente não iriam dar certo este ano. Espero que na primavera as coisas estejam mais fáceis com a situação ao redor do mundo, que possamos viajar, não em completa tranquilidade, acho que o vírus ainda estará por aí na primavera, mas espero que esteja um pouco melhor do que agora.

Ele achou que o adiamento foi a decisão correta?

Acho que no momento, sim. As coisas estão piorando ao redor do mundo e é um risco para a saúde dos jogadores, para todos os outros que estariam envolvidos no torneio, os organizadores e a imprensa e todos os outros, árbitros, todos os que estariam envolvidos, então sim, só não é um momento muito bom e acho que não devemos comprometer a segurança das pessoas para jogar xadrez.

Kramnik: "Não foi a melhor opção começar o torneio"

Durante a rodada final do Norway Chess, o 14º Campeão Mundial de Xadrez Vladimir Kramnik comentou:

Bem, francamente era esperado. A situação de pandemia está piorando em toda a Rússia e na Europa. Tenho que admitir que esperava isso.

É uma pena, mas espero que na primavera esteja mais ou menos sob controle em todos os lugares. E você pode começar a jogar xadrez sem pensar em todas essas medidas. Acho que é uma situação lógica.

Na minha opinião, não foi a melhor solução começar o torneio. Eu expressei este ponto de vista. Havia uma grande chance de o torneio não ser encerrado. Eu entendo que é um desapontamento, eles querem terminar o torneio e lutar pelo Campeonato Mundial.


Pensando fora da caixa

Algumas outras "soluções" foram propostas para os problemas de longa data com o Torneio de Candidatos. Levon Aronian, que derrotou Magnus Carlsen na última rodada do Norway Chess, comentou:

Eu estava falando para o pessoal, para Fabi e para todo mundo, eu estava dizendo, isso é ridículo! Em vez disso, eu deveria apenas jogar um match contra Magnus e isso resolverá todos os problemas! 

E a sugestão de MrDodgy de um local para o evento continua de pé!

Campeonato Mundial Rápido e Blitz também fora do calendário

Os Candidatos não foram o único grande evento que a FIDE foi forçada a adiar. Ontem a FIDE anunciou que o Campeonato Mundial Rápido e Blitz, um prestigiado evento que se realiza todos os anos logo após o Natal desde 2016, está adiado até o ano que vem.

Infelizmente, nas atuais circunstâncias, tal encontro internacional de pessoas não teria sido possível. A realização do Campeonato Mundial Rápido e Blitz durante o Natal, como estava inicialmente planejado, não é viável. A situação de pandemia apresenta desafios de saúde e logísticos que não podem ser facilmente resolvidos para um evento com essas características. 

Diante da situação, a FIDE decidiu adiar a edição 2020 do Campeonato Mundial Rápido e Blitz. Faremos o nosso melhor para que o evento aconteça na primavera de 2021.

O mesmo destino também se abateu sobre eventos privados, com o London Chess Classic 2020 e o Gibraltar Chess Festivals 2021 também sendo cancelados.

Ver também:


Ordenar por Data Decrescente Data Decrescente Data Crescente Mais Curtido Receber atualizações

Comentários 0

Convidado
Guest 10773427410
 
Entrar no Chess24
  • Grátis, Rápido e Fácil

  • Seja o primeiro a comentar!

Registro
Ou

Crie sua conta gratuita agora para começar!

Ao clicar em "Registrar", você concorda com nossos Termos e condições e confirma que leu nossa Política de privacidade, incluindo a seção sobre o uso de cookies.

Perdeu sua senha? Enviaremos um link para redefini-la!

Depois de enviar este formulário, você receberá um e-mail com o link de redefinição de senha. Se você ainda não consegue acessar sua conta, entre em contato com nosso Atendimento ao Cliente.

Quais recursos você gostaria de ativar?

Respeitamos suas diretrizes de privacidade e proteção de dados. Alguns componentes do nosso site requerem cookies ou armazenamento local que lida com informações pessoais.

Mostrar opções

Hide Options