Geral 22/05/2020 | 22:01por FM Andrey Terekhov

Grischuk: "A procrastinação é definitivamente o principal fator"

Alexander Grischuk foi eliminado do Lindores Abbey Rapid Challenge, apesar de vencer sua última partida e terminar com mesma pontuação com Aronian e Dubov, mas se o muito popular russo voltar como comentarista, sua derrota poderá ser uma conquista para o torneio. O MF Andrey Terekhov perfila o sexto colocado do ranking mundial e 3 vezes Campeão Mundial de Blitz, que compartilha suas opiniões sobre o controverso Torneio de Candidatos. Esta é a quarta parte da campanha #HeritageChess, apoiada por Lindores Abbey Heritage Society. 



Primeiros passos e carreira

Alexander Grischuk nasceu em Moscou em 31 de outubro de 1983. Ele é o segundo jogador mais velho deste torneio aos 36 anos e representa a "geração dos anos 80" junto com Levon Aronian e Hikaru Nakamura.

Grischuk aprendeu a jogar na tenra idade de 4 anos com seu pai. Seu primeiro treinador foi Mikhail Godvinsky, então com 7 a 10 anos de idade ele foi treinado por Maxim Blokh, que muitos jogadores de xadrez conhecem como autor de livros imensamente populares sobre táticas de xadrez. Maxim Blokh também foi um Grande Mestre em xadrez por correspondência.

Quando Grischuk tinha 10 anos, começou a estudar com o MI Anatoly Bykhovsky. Segundo Grischuk, foi Bykhovsky quem mais o influenciou e o moldou como jogador. Eles continuaram trabalhando juntos por mais de uma década, até o momento em que Grischuk entrou no Top 10.

Grischuk progrediu rapidamente e jogou em competições nacionais desde tenra idade. Ele tem um histórico único no campeonato júnior russo, vencendo as seções U10, U12, U14 e U16. Ele também dividiu o 1º / 2º lugar no Campeonato Mundial de Sub-10 (medalha de prata nos desempates, atrás de Luke McShane).

Aos 15 anos, Grischuk jogou seu primeiro campeonato russo (um torneio suíço) e marcou 5 pts em 11 rodadas.

O primeiro avanço de Grischuk ocorreu em novembro de 1999, quando ele venceu o Memorial Chigorin em São Petersburgo com 7 pontos em 9. Eu tive a sorte de testemunhar isso pessoalmente, pois também joguei naquele grande torneio suíço. Haviam 140 jogadores, com muitos GM’s e MI fortes, principalmente da Rússia, e a competição foi dura. O triunfo de Grischuk, que completou 16 anos apenas alguns dias antes do torneio, deixou uma grande impressão.

Duas semanas após o Chigorin Memorial Grischuk jogou suas primeiras partidas pela seleção russa no Campeonato Europeu de Equipes, marcando +3 = 6 no tabuleiro reserva.

Em 2000, Grischuk representou a Rússia mais uma vez, desta vez na Olimpíada do Xadrez em Istambul, marcando +5 = 5 no segundo tabuleiro reserva. A equipe russa, que estava com saudades de Kasparov, Karpov e Kramnik, ainda conseguiu ganhar o ouro.

Duas semanas após a Olimpíada, Grischuk viajou para Nova Délhi para participar do Campeonato Mundial da FIDE, que foi um Knock-out gigantesco. Grischuk, aos16 anos, sensacionalmente chegou às semi-finais, onde perdeu para Alexei Shirov. Foi o primeiro torneio em que Grischuk demonstrou suas habilidades impressionantes em controles rápidos, vencendo 4 de 5 partidas em tie-breaks.

Em 2001, Grischuk recebeu um convite para seu primeiro torneio em Linares. Esse torneio terminou de maneira incomum, com Kasparov claramente em primeiro com “+5”, e os outros cinco jogadores desse round round robin dividindo o 2º (e simultaneamente último) lugar com “-1”.

Em 2002, Grischuk ficou em segundo lugar em Wijk aan Zee (atrás de Bareev), depois dividiu o 1º / 2º lugar no Aeroflot Open e ganhou outro ouro olímpico com a equipe russa - desta vez no 2º tabuleiro, atrás apenas de Kasparov. É incompreensível, mas a equipe masculina russa não vence a Olimpíada de Xadrez fazem 18 anos e contando …

Essa série de performances de sucesso catapultou Grischuk para o Top 10 do mundo, no qual ele entrou pela primeira vez em janeiro de 2003. Ele ficou em terceiro lugar no mundo por alguns meses em 2014 e 2015, quando também atingiu sua pontuação máxima, 2810. Atualmente, Grischuk é o 6º no mundo com um rating clássico de 2777.

O rei do Blitz ... e dos apuros de tempo

Grischuk é famoso por seu terrível problema com apuros de tempo, lembrando Sammy Reshevsky ou Vitaly Tseshkovsky. Grischuk gasta a maior parte do tempo rotineiramente na abertura e no meio do jogo, deixando apenas alguns minutos para os próximos 15 a 20 movimentos até o controle do tempo. Ele tentou lutar contra isso por muitos anos, mas parece não haver cura para esse mau hábito.

Como a maioria dos entrevistadores antes de mim, perguntei a Grischuk o que o leva a pensar durante 30-60 minutos por jogada. Sua resposta foi lacônica, mas inequívoca:

A procrastinação é definitivamente o principal fator.


O lado positivo disso é que Grischuk mantém um padrão muito alto de jogo, mesmo com problemas de tempo.

Essa habilidade também é transferida para torneios com controles de tempo mais rápidos. Grischuk teve a sorte de aparecer em cena quando os torneios rápidos e de blitz começaram a entrar em voga. Já em 2002, Grischuk chegou à final do Grande Prêmio de Dubai ao derrotar Morozevich, Radjabov, Bacrot e Shirov em partidas consecutivas, antes de perder apenas na final para Peter Leko. Foi a derrota mais infeliz - no último momento, Grischuk soltou uma peça e perdeu a tempo enquanto a ajustava.

Grischuk joga ainda melhor em blitz. Ele é tricampeão mundial de Blitz (2006, 2012 e 2015), tornando-o a única pessoa, além de Magnus Carlsen, a ganhar a coroa de blitz mais de uma vez. Grischuk também foi o jogador mais bem ranqueado no ICC (Internet Chess Club), uma das primeiras plataformas de xadrez on-line, e ganhou dois samovares no tradicional campeonato de Blitz de Moscou.


Grischuk won his 3rd World Blitz Championship in Berlin in 2015, where he beat Carlsen and lost only to Radjabov on the way to the title | photo: Nailya Bikmurzina, official website

Perguntei a Grischuk se ele se sentia mais à vontade nos controles clássicos de tempo, ou nas rápidas e blitz, e ele respondeu:

Acho que os ratings não mentem, então acho que o blitz é o meu pior controle de tempo agora. Entretanto ainda é o mais agradável.


No entanto, a diferença nos ratings de Grischuk nos diferentes formatos é tão pequena que essa resposta parece um tanto irônica. Na lista de classificação mais recente da FIDE, Grischuk recebeu 2777 pontos no controle de tempo padrão, 2784 no modo rápido e 2765 no blitz.

Os principais resultados de Alexander Grischuk

Grischuk tem jogado no mais alto nível nos últimos 20 anos, por isso é impossível listar todas as suas realizações em um pequeno artigo. Vou mencionar apenas algumas de suas maiores conquistas e as derrotas mais dolorosas:

  • 2004 - dividiu o 1º lugar no torneio tradicional de Poikovsky (com Sergey Rublevsky); 2º lugar no Campeonato Russo (atrás de Kasparov)

  • 2005 - chegou às semifinais da Copa do Mundo da FIDE, nocaute com 128 jogadores (derrotado por Ruslan Ponomariov)

  • 2007 - venceu os matches de candidatos contra Malakhov e Rublevsky, se classificando para o Campeonato do Mundo no México. Infelizmente, o resultado de Grischuk no torneio mais importante deste ciclo foi decepcionante, pois ele terminou em último com 5½ em 14

  • 2008 - 1º / 3º compartilhados no Gran Prix de Elista (com Radjabov e Jakovenko)

  • 2009 - venceu Linares (dividiu o 1º / 2º com Ivanchuk, mas teve um melhor tie-break); depois, ele também venceu a Superfinal russa (aliás, este é o único campeonato russo conquistado pelos três participantes russos deste torneio!

  • 2011 - Grischuk jogou no Torneio de Candidatos depois que Magnus Carlsen se retirou no último momento. Grischuk derrotou Aronian e Kramnik em tie-breaks antes de perder por pouco o match final com Boris Gelfand, por 2½: 3½. Foi o mais perto que Grischuk chegou a disputar um match pelo Campeonato Mundial até agora 

  • 2013 - outro Candidatos, desta vez em formato de torneio. Grischuk terminou em 5º / 6º lugar com 6½ pontos em 14

  • 2014 - venceu o Memorial Petrosian em Moscou com 5½ em 7 (foi graças a essa vitória que Grischuk ultrapassou a barreira dos 2800)

  • 2017 - venceu o Grande Prêmio de Sharjah

  • 2018 - disputou o Torneio de Candidatos. Curiosamente, o resultado de Grischuk foi idêntico ao seu anterior Torneio de Candidatos - 6½ de 14, dividindo o 5º / 6º lugar

  • 2019 - venceu a série Grand Prix e, portanto, qualificou-se para o Torneio de Candidatos 2020

Em 2020, Grischuk jogou nos Candidatos e empatou todos os sete jogos antes da suspensão do torneio. Ele estava descontente com o fato de os Candidatos terem sido jogados no meio da pandemia de coronavírus e deixou seus sentimentos serem conhecidos pelo mundo enquanto o torneio ainda estava em andamento.

Perguntei a Grischuk como ele se sente sobre o Torneio de Candidatos de 2020 agora, dois meses depois de ter sido abruptamente suspenso:

O que você achou do Torneio de Candidatos 2020?

É difícil comentar sobre isso, uma vez que está claro para mim que a FIDE tinha alguns motivos não mencionados para tentar realizar o Torneio de Candidatos a todo custo, então quase tudo o que eu poderia dizer seria especulação.

Deveria ter sido adiado antes do início, dada a pandemia de coronavírus?

A única opinião forte que tenho é a seguinte: é MUITO melhor não começar o torneio do que começar e interrompê-lo.

Eu ouvi algumas pessoas dizendo [incluindo Magnus Carlsen]: “Pelo menos eles jogaram metade do torneio”, “Melhor que nada” etc. Discordo completamente disso.

Você consegue se lembrar de outros torneios na história do xadrez que tiveram uma pausa de alguns meses entre as duas partes?

Não. Pelo menos não para torneios de calibre semelhante.

Na sua opinião, qual é o melhor caminho a seguir - repetir o torneio até o fim? Começar de novo? Incluir Radjabov? Cancelar todo o ciclo?

Eu acho que a única maneira mais ou menos justa é continuar. Qualquer outra coisa seria extremamente injusta com os líderes.

Além disso, acho que o problema de Radjabov é 100% culpa da FIDE. Por que, em resposta à carta de Teimour, eles não puderam dizer a ele: "Não estamos cancelando o evento agora, mas estamos acompanhando a situação e podemos cancelar / interromper em qualquer dia. Então você pode jogar ou recusar, mas não tem o direito de reclamar se, eventualmente, a cancelarmos / interrompermos ”?


Após a primeira metade do Torneio de Candidatos, Alexander Grischuk permanece a uma curta distância das líderes (Maxime Vachier-Lagrave e Ian Nepomniachtchi). No entanto, ainda não está claro quando o Candidatos será retomado.

As melhores partidas de Grischuk

Em uma entrevista em 2019, Alexander Grischuk foi questionado sobre qual de seus próprios jogos ele mais gosta. Ele mencionou os seguintes:

Você pode reproduzir os três jogos usando o seletor abaixo:

Desses três jogos, acho a caminhada do rei a seguir o mais incrível:

Gashimov – Grischuk
World Team Championship, Bursa 2010


Se você nunca viu este jogo antes, tente adivinhar onde o rei negro estará 15 jogadas depois.

23 ... Bb4 + 24.c3 Cxc3 25.Bd2 Dd5 26.Tf7 + Rc6 27.Tc1 Rb6 28.Be3 + Ra5 29.a3 Ra4! 30.axb4 Dxd3 31.Da5 + Rb3 32.Txc3 + Dxc3 + 33.Bd2 b6 34.Dxb6 De5 + 35.Td1 Bb7 36.Dxb7 Thd8 37.Tf3 + Ra2 38.Tf2 Rb1

Esta posição merece outro diagrama:


O rei negro encontrou abrigo no outro lado do tabuleiro. De fato, é o rei branco que logo se encontrará em perigo.

39.Df3 Tac8 40.Db3 + Db2 41.Dxb2 + Rxb2 Brancas abandonam.

Esta obra-prima é um contraponto interessante à vitória de Daniil Dubov sobre Rasmus Svane, na qual o rei das pretas não sobreviveu à jornada!

O mestre das citações

Alexander Grischuk tem uma personalidade única, que se destaca mais vividamente em suas entrevistas pós-jogo. Grischuk não tenta divertir as pessoas, ou pelo menos ele sempre responde com uma expressão impassível que deixaria Buster Keaton orgulhoso, e, no entanto, suas respostas sempre fazem o público rachar de tanto rir. Nesse sentido, Grischuk é semelhante a Gregg Popovich, o lendário técnico da equipe da NBA San Antonio Spurs. A única diferença é que Grischuk lida com xadrez, não basquete, e fala com um forte sotaque russo que sempre me lembra um famoso comediante; Os russos são assustadores.

As respostas breves e sem sentido de Grischuk se transformam em memes instantâneos. Provavelmente, o Torneio de Candidatos de 2018 é mais lembrado não pela vitória de Caruana, mas pelas coletivas de imprensa de Grischuk. Alguém os transformou em clipes do YouTube com o título "Grischuk Thug Life". As respostas de Grischuk incluem as seguintes pérolas:

“Entrevistador: Então, um jogo perfeito é aquele sem erros?

Grischuk: Não, aquele com os erros apenas do seu oponente, é ainda melhor.

Grischuk: Você sabe, eu sempre tento não assistir as partidas de Svidler durante o torneio, porque ele é brilhante demais para mim e eu começo a me sentir infeliz.

Entrevistador: Quanto tempo você estava realmente se preparando para este jogo?

Grischuk: Bem ... minha vida inteira! “


Não deve surpreender que o torneio de Candidatos de 2020 tenha acrescentado outra parcela a esta série. Se você ainda não viu, você está perdendo cinco minutos de puro entretenimento:

Em combinação com Grischuk, mesmo uma simples peça de decoração pode se tornar uma história interessante. Por exemplo, durante a partida Carlsen-Caruana de 2018, uma luminária de parede na casa de Grischuk de repente se torna um sucesso. Não me lembro por que e como aconteceu, mas esta lâmpada é mencionada no Twitter até hoje! 

Qualquer entrevista coletiva ou análises de partidas com Grischuk vale o preço da entrada, mesmo que isso signifique sofrer com o final de uma Berlinesa. Espero que Grischuk continue compartilhando sua sabedoria zen única com o público do xadrez durante o Lindores Abbey Rapid Challenge.

FM Andrey Terekhov

Andrey Terekhov (@ddtru) grew up in Russia, lived in many countries and currently resides in Singapore. His best results at the board are victories at the Munich Open (2008), Nabokov Memorial in Kiev (2012) and shared 2nd place at the Washington Open (2018). He is the author of the Two Knights Defense course on Chessable. For the past few years Andrey has been writing a book about Vasily Smyslov, with publication planned for late 2020.


 


Ordenar por Data Decrescente Data Decrescente Data Crescente Mais Curtido Receber atualizações

Comentários 0

Convidado
Guest 9913993166
 
Entrar no Chess24
  • Grátis, Rápido e Fácil

  • Seja o primeiro a comentar!

Registro
Ou

Crie sua conta gratuita agora para começar!

Ao clicar em "Registrar", você concorda com nossos Termos e condições e confirma que leu nossa Política de privacidade, incluindo a seção sobre o uso de cookies.

Perdeu sua senha? Enviaremos um link para redefini-la!

Depois de enviar este formulário, você receberá um e-mail com o link de redefinição de senha. Se você ainda não consegue acessar sua conta, entre em contato com nosso Atendimento ao Cliente.

Quais recursos você gostaria de ativar?

Respeitamos suas diretrizes de privacidade e proteção de dados. Alguns componentes do nosso site requerem cookies ou armazenamento local que lida com informações pessoais.

Mostrar opções

Hide Options