Geral 03/08/2020 | 00:38por Colin McGourty

Anatoly Karpov: 12º Campeão Mundial

Anatoly Karpov foi indiscutivelmente o campeão mundial de xadrez na década de 1975-1985 e deteve o título da FIDE por mais seis anos após a divisão do mundo do xadrez em 1993. Agora aos 69 anos, ele continua sendo um jogador ativo e teria participado do torneio de xadrez clássico Tepe Sigeman este ano se o vírus não tivesse interferido. Temos o privilégio de ter Anatoly comentando os últimos estágios do chess24 Legends of Chess, juntamente com Judit Polgar e Jan Gustafsson.



  • Nome: Anatoly Karpov 
  • Nascimento: Zlatoust, Russia (USSR), 23 de maio de 1951
  • Idade: 69 anos
  • Ratings atuais: 2617 (clássico), 2583 (rápido), 2607 (blitz)
  • Rating máximo: 2780 (Julho de 1994 aos 43 anos)
  • Ranking mundial: 195
  • Campeonatos mundiais: Karpov derrotou Polugaevsky, Spassky e Korchnoi para se classificar para o match contra Bobby Fischer, mas foi declarado campeão mundial em 3 de abril de 1975, depois que Bobby se recusou a concordar com os termos do match. Anatoly jogou 7 matches e manteve o título por 10 anos, de 1975 a 1985: 
    1) 1978, Baguio: Karpov 16.5:15.5 Korchnoi
    2) 1981, Merano: Karpov 11:7 Korchnoi
    3) 1984, Moscou: Karpov 5:3 Kasparov, match abandonado depois de 48 partidas sem um vencedor
    4) 1985, Moscou: Kasparov 13:11 Karpov
    5) 1986, Londres/Leningrad: Kasparov 12.5:11.5 Karpov
    6) 1987, Seville: Kasparov 12:12 Karpov (Garry manteve o título)
    7) 1990, Nova York/Lyon: Kasparov 12.5:11.5 Karpov
    Karpov então manteve o título de Campeão mundial da FIDE de 1993 a 1999, depois que Kasparov se separou da FIDE:
    8) 1993, Holanda/Jakarta: Karpov 12.5:8.5 Timman
    9) 1996, Elista: Karpov 10.5:7.5 Kamsky
    10) 1998, Lausanne: Karpov 5:3 Anand
    Karpov desistiu do título em 1999 pois não concordou jogar uma partida Knockout sem privilégios.
  • Torneios individuais (somente 1º lugar): Campeonato Mundial Júnior (1969), Memorial Alekhine (1971), Milão (1975), Campeonato da URSS (1976, 1983, 1988), Las Palmas (1977), Tilburg (1977, 1979, 1980 , 1982, 1983), Bugojno (1978, 1980, 1986), Montreal (1979), Linares (1981, 1994), Moscou (1981), Turim (1982), Londres (1982, 1984), Wijk aan Zee (1988, 1993), GMA World Cup (Bruxelas 1988, Skelleftea 1989, Reykjavik 1991), Biel (1990, 1992, 1996), Dortmund (1993), Dos Hermanas (1993, 1995), Groningen (1995), Viena (1996), Memorial Najdorf (2001)
  • Torneios por equipes: Torneios de equipes: 6 Olimpíadas para a URSS 1972-1988 conquistando 6/6 medalhas de ouro por equipe e 3 medalhas de ouro individuais, 2 Campeonato Mundial por Equipes (1985, 1989) sendo 2 medalhas de ouro por equipe, 4 Campeonato Europeu por Equipes (1973, 1977, 1980, 1983) sendo 4 medalhas de ouro da equipe e 2 medalhas de ouro individual

Anatoly Karpov preencheu o vazio deixado pela aposentadoria de Bobby Fischer e foi o incontestável campeão mundial entre 1975 e 1985. Seu estilo silencioso, posicional e implacável, levaram ele a dominar seus contemporâneos até o surgimento de seu grande rival Garry Kasparov.

Estilo de jogo

Durante o chess24 Legends of Chess, Kasparov observou "a capacidade de Karpov de localizar suas peças em posições perfeitas", enquanto o 14º campeão mundial Vladimir Kramnik comentou

Sua forma de jogar tem algum mistério; ele podia fazer o que ninguém mais conseguia. É mais fácil pra mim falar dele do que de os outros campeões mundiais visto que meu primeiro livro de xadrez foi uma coleção dos jogos do Karpov. Estudei suas partidas desde a infância e depois joguei um número grande de partidas contra ele. Ele era um jogador de xadrez universal: um bom estrategista, calculava bem as variantes, era muito forte em termos posicionais, mas tinha uma característica que o definia. Falando meio brincando, meio sério, ele refutou o postulado de Steinitz que diz: o lado com a vantagem é obrigado a atacar sob a ameaça de perder essa vantagem. Mas Karpov, quando obtinha a vantagem, começava a ficar parado, e sua vantagem aumentava! Na minha opinião, ninguém antes ou depois conseguiu fazer o mesmo e eu não entendo como isso é possível. Essa componente do seu estilo de jogo sempre me surpreendeu e me encantou. Quando parecia que era hora de iniciar um ataque decisivo, o cara jogava a3, h3 e a posição do oponente desmoronava.

O próprio Karpov descreveu como ele se encaixa no panteão dos campeões da seguinte maneira:

Simplesmente desenvolvi esse estilo universal que dominava com a chegada de Spassky e depois de Fischer, mas, mesmo assim, éramos diferentes jogadores de xadrez. Spassky e Fischer foram brilhantes em desenvolver e sentir a iniciativa. Nesse aspecto eu era talvez um pouco inferior, mas, por outro lado, me destacava por ter uma excelente técnica para converter uma vantagem, um senso posicional e uma capacidade de manobrar posicionalmente - nessa área eu era claramente superior a Spassky e Fischer, e talvez contra todos, exceto Petrosian.


Prodígio no Xadrez

16-year-old Karpov, with a USSR Master of Sport badge, in Groningen in 1967 | photo: Jac. de Nijs / Anefo, Wikipedia

Karpov era uma criança soviética modelo, nascida nos difíceis anos do pós-guerra em Zlatoust, nas montanhas Urais, onde seu pai trabalhava como engenheiro na indústria de armamentos. Ele aprendeu a jogar xadrez aos quatro anos e, aos 12 anos, foi aceito na escola de xadrez de Mikhail Botvinnik. Embora o "patriarca do xadrez soviético" parecesse cético em relação ao talento não sistemático do jovem, Karpov fez rápido progresso, especialmente quando se uniu ao especialista em abertura GM Semyon Furman. Ele se tornou o primeiro jogador soviético desde Spassky a vencer o Campeonato Mundial Júnior e realmente anunciou sua chegada aos 20 anos de idade no torneio Memorial Alekhine de 1971. Apesar de ser o pré rankeado nº 14, terminou invicto em primeiro lugar, juntamente com Leonid Stein, acima de grandes jogadores como o atual campeão mundial Boris Spassky e os ex-campeões Smyslov, Tal e Petrosian.

"Não é o meu ciclo"

Karpov afirmou que não estava pronto para disputar o Campeonato Mundial no próximo ciclo, mas se mostrou errado, derrotando Lev Polugaevsky (5,5-2,5), Spassky (7-4) e, finalmente, Viktor Korchnoi (12,5-11,5) para se classificar para um match contra Bobby Fischer.

Todos os recursos da União Soviética foram investidos na preparação do frágil russo para recuperar a coroa do xadrez, mas Karpov, aos 23 anos, ganhou o título sem precisar avançar nenhum peão, depois que Fischer rejeitou as condições do match.

Campeão mundial de xadrez

Karpov dissipou críticas sobre a legitimidade de seu título, participando de todos os principais torneios que se seguiram e dominando seus rivais, liderando a lista de classificação por mais tempo do que qualquer outro jogador exceto por Kasparov e agora Magnus Carlsen. Ele também defendeu seu título em dois matches contra o Korchnoi. Em 1978, ele sobreviveu à luta tardia de seu oponente para vencer de 16,5 a 15,5, enquanto em 1981 Karpov começou com três vitórias nas quatro primeiras partidas antes de alcançar a vitória por 11 a 7.

Batalhas contra seu inimigo, Kasparov

Os meados e final dos anos 80 foram dominados pelos confrontos de Karpov com Garry Kasparov. Em 1984, parecia que o atual campeão daria uma dura lição ao jovem desafiante, pois Karpov alcançou quatro vitórias nas nove primeiras partidas. Kasparov então despertou, mas depois de uma série recorde de 17 empates, Karpov foi quem conquistou a próxima vitória, ficando a uma única vitória das seis necessárias para a ganhar definitivamente. Nos 21 jogos restantes, porém, ele não conseguiu cruzar a linha de chegada, enquanto Kasparov marcou três vitórias antes do então presidente da FIDE, Florencio Campomanes, abortar o match, sob protesto dos dois jogadores.

Kasparov venceu a revanche um ano depois e manteve o título em outros matches em 1986, 1987 e 1990. Todos eles foram extremamente acirrados, com Karpov perdendo quando ele só precisava empatar na partida final do match de 1987 em Sevilha.

Em 1992, a saga terminou quando Karpov perdeu o match final do torneio de candidatos para Nigel Short, embora depois de Short e Kasparov se separarem da FIDE, ele conseguiu o título menos prestigioso do Campeonato Mundial da FIDE ao derrotar Jan Timman em 1993. Mais tarde, ele manteve o título contra Gata Kamsky em 1996 e Viswanathan Anand em 1998, mas desistiu quando foi decidido que o nocaute em 1999 não daria privilégios ao campeão, exceto um lugar na 2ª rodada.

Vida após o título

Karpov permaneceu no topo do xadrez mundial no início dos anos 90 e conquistou uma das vitórias mais impressionantes de todos os tempos quando venceu o torneio de Linares em 1994 com um incrível 11/13, terminando 2,5 pontos à frente de Kasparov e Alexei Shirov que estavam em segundo lugar.

Seu nível de jogo caiu inevitavelmente desde então, mas ele continua fazendo aparições ocasionais em equipes e eventos rápidos, e em 2020 planejava jogar Tepe Sigeman and Co. - um torneio clássico contra adversários formidáveis ​​(Grandelius, Shirov, Navara, Le Quang Liem, Harika Dronavalli, Jorden Van Foreest, Nihal Sarin) até a paralização devido ao COVID-19.

Além de jogar xadrez, Karpov sempre foi um jogador de cartas extremamente competitivo e um colecionador fanático de selos, com uma coleção avaliada em cerca de US$ 15 milhões. Quando ele completou 60 anos em 2011, embarcou em uma nova carreira e atualmente é deputado no Parlamento russo.


Ordenar por Data Decrescente Data Decrescente Data Crescente Mais Curtido Receber atualizações

Comentários 0

Convidado
Guest 10574269925
 
Entrar no Chess24
  • Grátis, Rápido e Fácil

  • Seja o primeiro a comentar!

Registro
Ou

Crie sua conta gratuita agora para começar!

Ao clicar em "Registrar", você concorda com nossos Termos e condições e confirma que leu nossa Política de privacidade, incluindo a seção sobre o uso de cookies.

Perdeu sua senha? Enviaremos um link para redefini-la!

Depois de enviar este formulário, você receberá um e-mail com o link de redefinição de senha. Se você ainda não consegue acessar sua conta, entre em contato com nosso Atendimento ao Cliente.

Quais recursos você gostaria de ativar?

Respeitamos suas diretrizes de privacidade e proteção de dados. Alguns componentes do nosso site requerem cookies ou armazenamento local que lida com informações pessoais.

Mostrar opções

Hide Options